Deixe um comentário

Clique nos títulos abaixo ou nas abas superiores para maiores informações:

logo vatayana finalCurta nosso perfil no face ScreenHunter_03 May. 18 11.02

HORÁRIOS E VALORES 

Livro: Energias Sutis no Yoga

MEDITAÇÃO – programação mensal

TRADIÇÃO E PROFESSORES DO VATAYANA

YOGA PARA CRIANÇAS

AULAS DE SÂNSCRITO E MITOLOGIA VÉDICA

TEXTOS

EVENTOS REALIZADOS – FOTOS

ABDTY – Associação Brasileira de Dakshina Tantra Yoga

Deixe um comentário

POSSO COMER ANTES DAS AULAS DE YOGA?

O QUE E QUANDO COMER ANTES DAS AULAS DE YOGA?

Essa é uma dúvida que sempre surge mesmo entre praticantes mais avançados de yoga – não há regras rígidas, mas devemos ter bom senso e sabemos que nossa rotina corrida e agitada nem sempre nos permite uma hora regular para as refeições e também não devemos deixar de fazer nossa prática porque estamos com fome.

Pesquisando na internet encontrei um texto do Prof. Sivaswarupa, discípulo de Swami Sivananda, que achei bastante adequado e esclarecedor. Apenas fiz alguns cortes e adaptações para a nosssa maneira de fazer a prática.

(texto original aqui: http://sivanandayogaparainiciantes.blogspot.com.br/2010/12/comer-ou-nao-comer-antes-da-aula-de.html )

“A indicação geral e muito conhecida por todos é

“Não ingerir nenhum alimento 3 ou 4 horas antes das aulas de posturas de yoga”. Está é a regra 1.

Por outro lado, nosso Guru Swami Sivananda diz “não pratique yoga quando você estiver com muita fome.” Está é a regra 2.

Então, é simples. É só combinar a Regra 1 com a Regra 2. Mas, no dia a dia do mundo moderno não é tão simples assim.

Primeiramente, é bom que as pessoas saibam que na Índia o costume tradicional é não praticar posturas de yoga após o anoitecer. Mas, então quando eles praticam yoga? É simples, de manhã bem cedo antes do trabalho, e no final da tarde (começando a prática às 5h, 5:30h, ou no máximo às 6 horas da tarde.), depois banho, jantar cedo e ir dormi r cedo.

Então, vamos ver isto na nossa situação em cidades grandes como São Paulo onde os horários de trabalho são bem diferentes e o transito toma muito tempo.

Para aqueles que podem praticar yoga de manhã, há duas opções:

1) Praticar em jejum*, “antes do café da manhã” ou

2) Praticar uma hora após um leve “café da manhã”.

*Obs. Praticar em jejum não significa jejum completo de 10 ou 12 horas, significa sim tomar água ou chá ou até mesmo comer um biscoito natural ou um pedaço de pão bem pequeno, (bem pequeno mesmo), aguardar alguns minutos e então começar.

O jejum completo é indicado somente em alguns casos para praticantes avançados e dependendo das técnicas que serão realizadas.

Para aqueles que praticam yoga à noite, há três opções:

1) Praticar em jejum de algumas horas – este caso é para quem teve uma almoço farto – então, não comer nada após o almoço e ir para a prática de posturas até 6:30 ou 7 horas da noite. Jantar após a prática de yoga

2) Comer algo bem leve às 5 h. da tarde e seguir para a prática da noite – este caso é para quem teve uma almoço leve. Jantar após a aula de yoga.

3) Se estiver com fome ao sair do seu trabalho, tomar um “lanche pequeno, bem leve e de fácil digestão”, praticar yoga somente uma hora e meia após esse lanche leve – este caso é para aqueles que fazem aulas às 7 ou 8 horas da noite e não puderam comer nada durante a tarde. Então, após a aula tomar um copo de leite ou sopa leve antes de ir dormir.

No momento, junte a Regra 1 com a Regra 2, tente levar uma vida simples e com pensamento elevado, diminua a ansiedade durante o dia a dia, esteja sempre consciente da situação e do que é adequado nessa situação específica, sempre use o bom senso e informações confiáveis. Siga a orientação do seu professor e boa prática de Yoga.”

E BEBER ÁGUA DURANTE A AULA, PODE?

Essa também é uma questão polêmica – há professores que proíbem beber água durante a prática, mas esse não é o nosso procedimento. Não há necessidade de ficar com sede e sofrendo durante uma hora ou mais de aula, ainda mais no nosso clima.

Entretanto, há um certo fundamento nessa restrição, pois o esforço de assimilação da água pelo organismo (especialmente se for gelada) em um momento em que estamos mobilizando o prana (ou energia) através dos nossos canais energéticos (nadis) e chakras, pode “desviar a atenção energética” do corpo para a absorção do líquido ou reequilíbrio da temperatura interna.

Então, o que fazer? Procure hidratar-se de meia hora  a quinze minutos antes da aula de yoga. Se não for possível e estiver com sede, não deixe de beber sua água, mas procure beber pequenos goles e não se “encharcar”. Depois da aula, também não beba imediatamente um “copão” de água. Espere de quinze minutos a meia hora ou vá bebendo aos pouquinhos para que seu organismo não sinta o impacto. Bom senso sempre.
Ricardo Coelho 

Deixe um comentário

Pagamentos online

Para doações e pagamentos online via pagseguro (cartão de crédito ou boleto), envie email para vatayana.yoga@gmail.com com o valor a pagar, que te enviaremos por email um link para fazer o pagamento.

1 comentário

Benvindo ao VATAYANA Espaço de Yoga

Direção: Prof. Ricardo Coelho
Presidente da ABDTY – Associação Brasileira de Dakshina Tantra Yoga de 2008 a 2012
Associado ao Sinpyerj – Sindicato dos Profissionais de Yoga do Rio de Janeiro
Professores:
Ricardo Coelho
Marcia Portela
André Latham
Karla Lemos
Maria Goretti Coelho
Nossa Proposta:

A proposta do  DAKSHINA TANTRA YOGA*, método milenar de Yoga, é  buscar o equilíbrio da personalidade através da energização dos centros sutis denominados Chakras, os quais são trabalhados para capacitar cada indivíduo a enfrentar e superar seus problemas e realizar suas potencialidades mais profundas. A evolução pessoal do aluno é nossa meta.

• As Técnicas Tântricas incluem posturas físicas (asanas), pranayamas, meditação, mantras, yantras(visualizações), entre outras.

• As aulas incluem, conforme o caso, a técnica do Yoga Kuruntha (yoga com cordas) – usada para aumentar o tônus muscular e propiciar a flexibilidade necessária para a prática do tantra yoga.

  • Oferecemos aulas personalizadas, em turmas limitadas (máximo de 8 alunos),  com acompanhamento permanente.
  • Técnicas terapêuticas para tratamento de vários desequilíbrios físicos e psicológicos.
  • Aulas especiais para gestantes e pós-parto.
  • Programa de Reeducação Alimentar com yoga, orientado pela profissional de yoga e nutricionista Maria Goretti Coelho.
  • Yoga para Crianças com o profissional André Latham do Yoga Lúdico.
  • Meditação gratuita para alunos.

“Para compreender o Tantra, devemos desapegar de crenças e certezas e mergulhar na prática. Os resultados falarão por si. 
Porém, para que haja continuidade do processo é importante ter certeza do desejo de mudança, pois o Tantra não é uma atividade para dar conforto e sim para transformar, promover a nossa evolução como seres humanos e desenvolver nosso potencial oculto e adormecido.”
Ricardo Coelho

PARA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE HORÁRIOS E PREÇOS, ACESSE AS ABAS SUPERIORES OU CLIQUE AQUI