4 Comentários

Limpeza Intestinal (Lagoo Prakshalana)

Não Fique Enfezado

Alimentação inadequada, correria, falta de tempo, estresse, todos esses fatores contribuem para que problemas digestivos e especialmente a constipação intestinal, a popular “prisão de ventre” venha se tornando uma queixa cada vez mais constante entre os que procuram a prática de yoga.

Cerca de 90% da serotonina (que é o neurotransmissor responsável pela  alegria) é produzido no intestino. A serotonina mostra-se baixa em pessoas com depressão, demonstrando a importância do bom funcionamento intestinal nestas pessoas.  A prisão de ventre também tem influencia no humor das pessoas, como a sabedoria popular mostra, ao usar a palavra “enfezada” (literalmente, cheia de fezes), associando essa situação  às pessoas com mau-humor ou irritadiças.

Como não poderia deixar de ser, o Yoga tem recursos bastante eficientes para esses problemas. Entre eles, o Shank Prakshalana, que constitui-se de um método de limpeza intestinal completa e o Laghoo Prakshalana, uma versão mais “light” da mesma prática. Nos posts a seguir, coloquei a descrição detalhada do segundo método, o Laghoo Prakshalana, que considero poder ser feito pela maioria das pessoas sem maiores dificuldades, desde que não tenham nenhuma restrição médica. A prática completa (Shankprakshalana) nunca deve ser tentada sem o acompanhamento de um profissional de yoga qualificado.

Laghoo Prakshalana

(lavagem intestinal simplificada)

Preparação:recomendável fazer uma dieta líquida ou semi-líquida na noite anterior. Pratique pela manhã antes de beber ou comer qualquer Deixe disponível água limpa e morna (6 copos de 200ml aproximadamente). Adicione 2 colheres de chá de sal por litro à água de modo que fique levemente salgada.

Use roupas leves e confortáveis.

Prática:

1) Beba dois copos de água morna salgada o mais rápido que puder.

2) Faça os 5 (cinco) seguintes asanas dinamicamente, oito vezes cada e na sequência correta.

a) Tadasana

De pé, pés juntos, ou separados um palmo. Entrelace os dedos das mãos e volte as palmas para cima, apoiando-as no topo da cabeça. Fixe o olhar num ponto à sua frente um pouquinho acima do nível da sua cabeça. Inale e alongue os braços, ombros e peito para cima. Levante os calcanhares e fique na ponta dos pés. Alongue todo o corpo. Mantenha a posição com os pulmões cheios por alguns segundos. Baixe os calcanhares enquanto exala e traga as mãos de volta para o topo da cabeça. Isto é uma volta. Relaxe por alguns segundos e recomece.

b) Tiryaka Tadasana

De pé, pés separados dois palmos. Entrelace os dedos das mãos e volte as palmas para cima, apoiando-as no topo da cabeça. Fixe o olhar num ponto diretamente à sua frente. Inale e alongue os braços para cima. Exale e movimente o corpo lateralmente para o lado direito. Inale e volte ao centro. Exale e movimente para o lado esquerdo. Repita 8 vezes para cada lado.

c) Kati Chakrasana

De pé, pés separados dois palmos. Coloque os braços para a frente, na altura dos ombros, palmas voltadas para dentro. Exale e movimente o tronco para a direita, jogando o braço direito para trás e o braço esquerdo na direção do ombro direito. Acompanhe o movimento do braço direito com o olhar. Não movimente os quadris, apenas o tronco, da cintura para cima. Inale e volte ao centro, na posição inicial. Exale e faça o mesmo movimento para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, dinamicamente e sempre alternando os lados.

d) Tiryaka Bhujangasana

Deitado de barriga para baixo, apoie-se nos braços esticados. Os pés podem estar juntos ou levemente separados. Procure deixar o corpo alinhado, sem levantar ou abaixar o quadril. Exale e torça o tronco para o lado direito ao mesmo tempo em que gira a cabeça e procura olhar para o pé direito. Inale e retorne ao centro. Exale e faça o mesmo para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, dinamicamente e sempre alternando os lados.

e) Udarakarshanasana

Sentado de cócoras, pés separados, mãos nos joelhos. Exale e torça o tronco para o lado esquerdo empurre a coxa esquerda contra o lado direito do abdome e empurre o joelho direito para o chão. A cabeça gira e olha por cima do ombro esquerdo. Inale e volte à posição inicial no centro. Exale e faça o mesmo para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, sempre alternando os lados.
Esta é uma volta completa.

Não descanse entre as voltas.

3) Beba mais dois copos de água salgada e novamente faça os cinco asanas, oito vezes cada.

4) Repita o procedimento pela terceira e última vez.

Após a terceira volta, vá ao banheiro e veja se há qualquer movimento intestinal. Não force a evacuação e não preocupe-se; se não ocorrer na hora irá ocorrer mais tarde.

Duração: Separe uma hora para a prática.

Frequência:Uma vez por semana é suficiente para a maioria dos casos. Nos casos de constipação pode ser praticado diariamente até que haja melhora.

Descanso: Após completar a prática, descanse por 30 minutos antes de beber ou comer qualquer coisa.

Restrições: Não há restrições especiais de alimentação.

Precauções: Não tente forçar a evacuação, isso deve acontecer totalmente de forma natural.

Contra-indicações: Pessoas que sofram de qualquer enfermidade deverão consultar um profissional qualificado de yoga antes de tentar o Laghooprakshalana. Esta prática também deve ser evitada por gestantes.

Benefícios: Diferentemente do Shankprakshalana, método completo de limpeza intestinal, o Laghooprakshalana ou método simplificado objetiva apenas incrementar o funcionamento normal dos intestinos. É um método excelente e simples de estimulação da movimentação intestinal e ideal para aqueles que não podem fazer o método completo. Laghoo é altamente recomendado para aqueles que sofrem de desordens digestivas como constipação, flatulência, acidez, indigestão e outros males digestivos. Ajuda a prevenir infecções urinárias e a formação de cálculos renais, além de ser usada em muitas técnicas terapêuticas de yoga.

Notas 1: Grandes benefícios podem ser obtidos se combinarmos esta prática com alimentação leve ou dietas. Medicações podem continuar sendo tomadas sem problemas.

Nota 2: Caso tenha ficado com dúvidas de como efetuar os exercícios, o link do vídeo a seguir pode lhe ser útil: http://www.youtube.com/watch#!v=FKPNBUd_up4 (não é exatamente como descrito aqui, mas os exercícios também podem ser feitos como visualizado no vídeo – está narrado em russo, mas é auto-explicativo)

Nota 3: Outro link de um texto interessante sobre a importância dos intestinos limpos na nossa saúde: http://www.yogalotus.com.br/intestino%20e%20o%20cerebro.htm

VOLTAR

4 comentários em “Limpeza Intestinal (Lagoo Prakshalana)

  1. Vou tentar executar com a destreza indicada na exposição dos exercícios.
    Depois comento os resultados.

    Obrigado pelas dicas.
    Antonio Carlos.

  2. Muito obrigado pelas explicações de forma clara e concisa. PARABENS.

  3. Muito clara a forma que foi escrita. Obrigada Jaqueline

  4. Olá! Comecei a praticar yoga há uma semana e notei que meu intestino voltou a funcionar de forma regular. Tenho o hábito de beber dois copos de água assim que levanto e logo em seguida faço yoga. Fique surpresa com essa melhora e resolvi pesquisar para saber se existe alguma relação. Eis que fiquei surpresa ao encontrar essas informações. Fico muito grata pela explicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: