5 Comentários

Limpeza Intestinal (Lagoo Prakshalana)

Não Fique Enfezado

Alimentação inadequada, correria, falta de tempo, estresse, todos esses fatores contribuem para que problemas digestivos e especialmente a constipação intestinal, a popular “prisão de ventre” venha se tornando uma queixa cada vez mais constante entre os que procuram a prática de yoga.

Cerca de 90% da serotonina (que é o neurotransmissor responsável pela  alegria) é produzido no intestino. A serotonina mostra-se baixa em pessoas com depressão, demonstrando a importância do bom funcionamento intestinal nestas pessoas.  A prisão de ventre também tem influencia no humor das pessoas, como a sabedoria popular mostra, ao usar a palavra “enfezada” (literalmente, cheia de fezes), associando essa situação  às pessoas com mau-humor ou irritadiças.

Como não poderia deixar de ser, o Yoga tem recursos bastante eficientes para esses problemas. Entre eles, o Shank Prakshalana, que constitui-se de um método de limpeza intestinal completa e o Laghoo Prakshalana, uma versão mais “light” da mesma prática. Nos posts a seguir, coloquei a descrição detalhada do segundo método, o Laghoo Prakshalana, que considero poder ser feito pela maioria das pessoas sem maiores dificuldades, desde que não tenham nenhuma restrição médica. A prática completa (Shankprakshalana) nunca deve ser tentada sem o acompanhamento de um profissional de yoga qualificado.

Laghoo Prakshalana

(lavagem intestinal simplificada)

Preparação:recomendável fazer uma dieta líquida ou semi-líquida na noite anterior. Pratique pela manhã antes de beber ou comer qualquer Deixe disponível água limpa e morna (6 copos de 200ml aproximadamente). Adicione 2 colheres de chá de sal por litro à água de modo que fique levemente salgada.

Use roupas leves e confortáveis.

Prática:

1) Beba dois copos de água morna salgada o mais rápido que puder.

2) Faça os 5 (cinco) seguintes asanas dinamicamente, oito vezes cada e na sequência correta.

a) Tadasana

De pé, pés juntos, ou separados um palmo. Entrelace os dedos das mãos e volte as palmas para cima, apoiando-as no topo da cabeça. Fixe o olhar num ponto à sua frente um pouquinho acima do nível da sua cabeça. Inale e alongue os braços, ombros e peito para cima. Levante os calcanhares e fique na ponta dos pés. Alongue todo o corpo. Mantenha a posição com os pulmões cheios por alguns segundos. Baixe os calcanhares enquanto exala e traga as mãos de volta para o topo da cabeça. Isto é uma volta. Relaxe por alguns segundos e recomece.

b) Tiryaka Tadasana

De pé, pés separados dois palmos. Entrelace os dedos das mãos e volte as palmas para cima, apoiando-as no topo da cabeça. Fixe o olhar num ponto diretamente à sua frente. Inale e alongue os braços para cima. Exale e movimente o corpo lateralmente para o lado direito. Inale e volte ao centro. Exale e movimente para o lado esquerdo. Repita 8 vezes para cada lado.

c) Kati Chakrasana

De pé, pés separados dois palmos. Coloque os braços para a frente, na altura dos ombros, palmas voltadas para dentro. Exale e movimente o tronco para a direita, jogando o braço direito para trás e o braço esquerdo na direção do ombro direito. Acompanhe o movimento do braço direito com o olhar. Não movimente os quadris, apenas o tronco, da cintura para cima. Inale e volte ao centro, na posição inicial. Exale e faça o mesmo movimento para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, dinamicamente e sempre alternando os lados.

d) Tiryaka Bhujangasana

Deitado de barriga para baixo, apoie-se nos braços esticados. Os pés podem estar juntos ou levemente separados. Procure deixar o corpo alinhado, sem levantar ou abaixar o quadril. Exale e torça o tronco para o lado direito ao mesmo tempo em que gira a cabeça e procura olhar para o pé direito. Inale e retorne ao centro. Exale e faça o mesmo para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, dinamicamente e sempre alternando os lados.

e) Udarakarshanasana

Sentado de cócoras, pés separados, mãos nos joelhos. Exale e torça o tronco para o lado esquerdo empurre a coxa esquerda contra o lado direito do abdome e empurre o joelho direito para o chão. A cabeça gira e olha por cima do ombro esquerdo. Inale e volte à posição inicial no centro. Exale e faça o mesmo para o lado esquerdo. Isto é uma volta. Faça oito voltas, sempre alternando os lados.
Esta é uma volta completa.

Não descanse entre as voltas.

3) Beba mais dois copos de água salgada e novamente faça os cinco asanas, oito vezes cada.

4) Repita o procedimento pela terceira e última vez.

Após a terceira volta, vá ao banheiro e veja se há qualquer movimento intestinal. Não force a evacuação e não preocupe-se; se não ocorrer na hora irá ocorrer mais tarde.

Duração: Separe uma hora para a prática.

Frequência:Uma vez por semana é suficiente para a maioria dos casos. Nos casos de constipação pode ser praticado diariamente até que haja melhora.

Descanso: Após completar a prática, descanse por 30 minutos antes de beber ou comer qualquer coisa.

Restrições: Não há restrições especiais de alimentação.

Precauções: Não tente forçar a evacuação, isso deve acontecer totalmente de forma natural.

Contra-indicações: Pessoas que sofram de qualquer enfermidade deverão consultar um profissional qualificado de yoga antes de tentar o Laghooprakshalana. Esta prática também deve ser evitada por gestantes.

Benefícios: Diferentemente do Shankprakshalana, método completo de limpeza intestinal, o Laghooprakshalana ou método simplificado objetiva apenas incrementar o funcionamento normal dos intestinos. É um método excelente e simples de estimulação da movimentação intestinal e ideal para aqueles que não podem fazer o método completo. Laghoo é altamente recomendado para aqueles que sofrem de desordens digestivas como constipação, flatulência, acidez, indigestão e outros males digestivos. Ajuda a prevenir infecções urinárias e a formação de cálculos renais, além de ser usada em muitas técnicas terapêuticas de yoga.

Notas 1: Grandes benefícios podem ser obtidos se combinarmos esta prática com alimentação leve ou dietas. Medicações podem continuar sendo tomadas sem problemas.

Nota 2: Caso tenha ficado com dúvidas de como efetuar os exercícios, o link do vídeo a seguir pode lhe ser útil: http://www.youtube.com/watch#!v=FKPNBUd_up4 (não é exatamente como descrito aqui, mas os exercícios também podem ser feitos como visualizado no vídeo – está narrado em russo, mas é auto-explicativo)

Nota 3: Outro link de um texto interessante sobre a importância dos intestinos limpos na nossa saúde: http://www.yogalotus.com.br/intestino%20e%20o%20cerebro.htm

VOLTAR

Anúncios

5 comentários em “Limpeza Intestinal (Lagoo Prakshalana)

  1. Vou tentar executar com a destreza indicada na exposição dos exercícios.
    Depois comento os resultados.

    Obrigado pelas dicas.
    Antonio Carlos.

  2. Muito obrigado pelas explicações de forma clara e concisa. PARABENS.

  3. Muito clara a forma que foi escrita. Obrigada Jaqueline

  4. Olá! Comecei a praticar yoga há uma semana e notei que meu intestino voltou a funcionar de forma regular. Tenho o hábito de beber dois copos de água assim que levanto e logo em seguida faço yoga. Fique surpresa com essa melhora e resolvi pesquisar para saber se existe alguma relação. Eis que fiquei surpresa ao encontrar essas informações. Fico muito grata pela explicação

  5. Fiz a limpeza. É fantástica!
    Gostaria de saber se pode gerar algumas reações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: